Arte, Ciência e Tecnologia

Período: 2o Semestre de 2016 
Professor: Prof. Dr. Hermes Renato Hildebrand

Curso: Comunicação e Multimeios
Créditos: 03 - Horas/Aula: 51h. - Período: Vespertino

<<< Voltar Menu Principal

<<< Aula a Aula

<<< Datas Entrega Projeto Final

1. Dados da Disciplina

Ementa da Disciplina:

Pretende-se estudar os princípios estéticos e poéticos das produções artísticas dos vários momentos da História da Arte, dando ênfase aos procedimentos e produções tecnológicas eletrônicas. Nosso foco é observar os modelos e padrões de representação utilizados pelas Artes, Ciências e Tecnologias. De fato, nosso objetivo é estudar os eixos de similaridades entre as representações artísticas contemporâneas e as imagens geradas pelas tecnologias emergentes através do pensamento computacional e de uma linguagem de programação. Utilizaremos a linguagem de programação gráfica de código aberto: Processing.

Objetivo Geral da Disciplina:

A disciplina visa oferecer ferramentas teóricas, conceituais e práticas aos alunos que pretendem trabalhar na área de comunicação e artes, utilizando as tecnologias e mídias eletrônicas e digitais. Os atuais meios de produção definem modelos estéticos e princípios produtivos para os trabalhos de comunicação e arte. Neste sentido é de extrema importância para o Curso de Comunicação e Multimeios uma discussão que ressalte estas questões relativas às novas estéticas e novas poéticas. Com isso, temos os seguintes pontos como 

Objetivos Específicos:

  • Conhecer os conceitos, fundamentos e padrões de representação da natureza e da cultura, com ênfase nos aspectos artísticos;
  • Permitir que o aluno identifique nas produções dos períodos pré-industrial, industrial mecânico e industrial eletroeletrônico as linguagens utilizadas.
  • Conhecer os conceitos fundamentais dos algoritmos e das linguagens de programação;
  • Adquirir capacidade de documentação e descrição de um programa de computador;
  • Introduzir o Processing como ferramenta geral de manipulação de sistemas computacionais e artísticos
  • Realizar produções computacionais utilizando o Software de Código Aberto: Processing.

Temas:

  • Modelos lógicos e de conhecimento das produções humanas relativas as artes e ciências, dando ênfase às produções artísticas contemporâneas;
  • As mediações e respectivas análises das produções artísticas e científicas de períodos históricos recentes que interferem em nossa produção;
  • Os princípios produtivos e estéticos das várias linguagens de comunicação em artes e ciências; períodos históricos recentes com destaque para a comunicação multimidiática;
  • Características estéticas e científicas das produções artísticas dos Períodos Pré-Industrial, Industrial Mecânico, Industrial Eletroeletrônico;

2. Metodologia

O curso será desenvolvido a partir de reflexões teóricas e estéticas com análise das produções artísticas de vários artistas e nas produções dos alunos realizadas durante os laboratórios. Nas abordagens teóricas e práticas serão discutidos pontos como:

  • A relevância dos estudos sobre processos de produção/criação para o campo da comunicação e das artes;
  • As implicações das discussões das linguagens artísticas e mediáticas sob o ponto de vista de seus processos de produção como complexas redes de conexões em permanente mobilidade: abordagem relevante para certas questões contemporâneas, que envolvem a conceituação de autoria e a relação entre obra e processo;
  • As conexões de natureza geral e prática que articulam os processos comunicativos e que, por sua vez, propiciam a verificação das especificidades dos modos como esses nexos se atualizam nas manifestações artísticas e nas diferentes mídias;
  • Os insight, os procedimentos e as reflexões diante do ato produtivo/criativo fundamentado numa abordagem semiótica que possibilite observar este processo como uma rede sistêmica, inacabada e dinâmica de relações.

3. AULA A AULA - Material Disponível para Consulta

4. Bibliografia Básica

1. LAURENTIZ, Paulo. A holarquia do pensamento artístico. São Paulo: Editora da Unicamp, 1991.
2. LEÃO, Lúcia (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo:
Editora SENAC, 2005.
3. SANTAELLA, Lúcia. Estética: de Platão a Peirce. São Paulo: Paulus, 2008.
4. RUSH, Michael. Novas Mídias na Arte Contemporânea. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

5. Bibliografia Complementar

  1. COSTA, Mario, O sublime tecnológico, São Paulo: Experimento, 1995.
  2. KITTLER, Friedrich. A história dos meios de comunicação. In: Lúcia Leão (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Editora SENAC, 2005.
  3. LEÃO, Lúcia. O labirinto da hipermídia: Arquitetura e navegação no ciberespaço. São Paulo: Iluminuras, 1999.
  4. MACHADO, Arlindo. O quarto Iconoclasmo e outros ensaios hereges. São Paulo: Rios, 2001.
  5. MANOVICH, Lev. Novas mídias como tecnologia e idéia: dez definições. In: Lúcia Leão (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias.São Paulo: Editora SENAC, 2005.
  6. OKADA, Alexandra. Cartografia Cognitiva. Cuiabá: Editora KCM, 2008
  7. SANTAELLA, Lúcia. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003.
  8. SANTAELLA, Lúcia e ARANTES, Priscila. Estéticas tecnológicas. São Paulo: EDUC, 2008.
  9. SANTAELLA, Lúcia. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003.
  10. ZIELINSKI, Siegfried. A arqueologia da mídia. In: Leão, Lúcia (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Ed. SENAC, 2005.
  11. SANTOS, Boaventura de Souza. Introdução a uma ciência pós-moderna. Rio de Janeiro, Editora Graal, 1989.

6. Avaliação Processual

A avaliação será realizada a partir da participação em aula e do projeto final desenvolvido em processing.